view of elephant in water

Como funciona a gestão de conexões com banco de dados do package database/sql

Uma coisa que sempre tive dúvidas era sobre como o package database/sql geria as conexões com banco de dados. A forma como eu costumava trabalhar era abrir uma nova conexão a cada request recebida, fechando-a ao final.

Mas será que essa é a melhor forma?

A resposta curta é NÃO. Mas como eu sei que você, assim como eu não se satisfaz com uma resposta simples dessa, vamos entender melhor como o package padrão do Go gerencia as conexões.

A primeira coisa que precisamos ter em mente, é que sempre que abrimos uma nova conexão utilizando o sql.Open, ele nos retornará uma struct do tipo *sql.DB.

Essa struct, além de ser segura para ser utilizada em múltiplas goroutines, ou seja, “thread-safe”, ela não lida somente com uma conexão, mas sim com um pool de conexões.

Leia mais »

Como executar migrations de forma automatizada

Se você não é muito fã de ORMs como eu, um dos problemas que você mais enfrenta é o de como realizar alterações em seu banco de dados de forma segura e automática.

Nesse post, vou mostrar como fazer isso utilizando o Migrate (https://github.com/golang-migrate/migrate), um projeto open source escrito em Go para realizar migrations em bancos de dados.

Antes de começar, embora os exemplos contidos nesse tutorial serem utilizando postgres, o Migrate suporta os seguintes bancos de dados:

mongodb+srv, firebirdsql, clickhouse, cockroachdb, mongodb, mysql, sqlserver, cassandra, crdb-postgres, postgres, postgresql, spanner, stub, cockroach, neo4j, pgx, redshift, firebird.

Tendo esclarecido esse ponto, vamos iniciar um projeto com nome github.com/aprendagolang/migrate (go mod init github.com/aprendagolang/migrate) e depois escrever uma pequena API.

Leia mais »

Como conectar e fazer CRUD em um banco PostgreSQL

Quando desenvolvemos programas que vão trabalhar com dados, sem sombra de dúvida uma das coisas mais importantes é armazenar esses dados com segurança e robustez.

Nesse post, vou mostrar como conectar e executar um CRUD utilizando um banco de dados PostgreSQL.

Antes de começar a escrever código, vamos fazer download do drive do postgres para Go com o comando go get github.com/lib/pq.

Ok, agora podemos começar.

Para ficar um pouco mais próximo da realidade, vou separar todas as operações em funções, incluindo a conexão com o banco.

Leia mais »